Perspectivas Teóricas

Principal Written by  Terça, 16 Setembro 2014 00:00 font size decrease font size increase font size
Rate this item
(0 votes)

Perspectivas Teóricas

 

O termo discurso nas últimas décadas tem sido utilizado para significar objetos diversos o que implica sentidos restritos de acordo com a concepção teórica. Nesse sentido, a fim de evitar indeterminações tanto metodológicas quanto teóricas, o CEPAD inscreve seus projetos e reflexões em três concepções distintas de discurso, condição que contribui para o desenvolvimento seja analítico, seja de conceitual das pesquisas chanceladas pelo termo discurso.

- Análise do Discurso: os trabalhos aqui desenvolvidos dizem respeito as concepções desenvolvidas por Michel Pêcheux - França, década de 60 –, e Eni Orlandi na década de 80 no Brasil. Muito embora para Orlandi (2012) a Análise do Discurso necessita de adjetivos ou complemento, tornou-se quase que condição a atribuição para circunscrever um espaço específico de atuação e prática.

- Análise Arquegenealógica do Discurso: a reflexões de Michel Foucault a partir da década de 60 abre um campo de reflexão sobre o discurso e sujeito. Campo esse que abrange, entre outros aspectos, a arqueologia e genealogia.

- Análise Dialógica do Discurso: outro conjunto de reflexões diz respeito ao Circulo de Bakhtin cujo trabalho tem sido referência não apenas para os estudos da linguagem, mas também para outras áreas do conhecimento. Esta peculiaridade em grande medido é decorrente de sua orientação filosófica e política do marxismo. 

- Análise Semiótica do Discurso: são reflexões tem como objetivo abordar as teorias desenvolvidas pelo filósofo-lógico-matemático norte-americano Charles Sanders Peirce, necessárias para o entendimento das características e especificidades da ciência Semiótica analisando a ação e a atividade dos signos. Abordar-se-à os diversos sistemas de linguagem como objeto de estudo da ciência dos signos; o conceito triádico de signo; as distinções entre a Semiótica Peirceana e as Semiologias Estruturalistas. 

Read 1092 times Last modified on Domingo, 31 Janeiro 2016 00:05
More in this category: Quem somos »