GRUPOS DE PESQUISA DA UEMS DE CAMPO GRANDE DISCUTEM COM SUB-COMANDO DA PM/MS CURSODE ESPECIALIAZAÇÃO EM LINGUÍSTICA PARA POLICIAIS MILITARES

Convênios Written by  Quarta, 31 Agosto 2016 00:00 font size decrease font size increase font size
Rate this item
(0 votes)

O Núcleo de Estudos em Análise do Discurso (NEAD) criado em 2007, ainda na Unidade Universitária de Nova Andradina (Curso de Letras), surgiu a partir de uma demanda de propostas e realização acadêmicas. Deste então vem desenvolvendo ações que constituem o tripé - ensino, pesquisa e extensão -, como eventos, minicursos, palestras, duas revistas acadêmicas, pesquisas, organização de livros e o projeto de Mestrado Acadêmico, Bacharelado em Letras e a revitalização da Licenciatura, grupos de estudos em particular com alunos da graduação e comunidade externa.

 

A diversidade de atividades incluindo com outras instituições e grupos levou a construir um espaço maior que comportaria linhas teóricas diferentes, outros grupos de ´pesquisa com o mesmo objeto de reflexão – o discurso - e também professores de outras áreas do conhecimento como História, Geografia, Psicologia, Psicanálise e Pedagogia entre outras.

O Centro de Pesquisa em Análise do Discurso (CEPAD) criado em 2010 – enquanto espaço catalizador propiciou o surgimento do Núcleo de Estudos Bakhtinianos (NEBA), coordenado pela Profa. Dra. Alina S. Chaves que também é coordenadora do curso de Bacharelado em Letras (UEMS-CG), o Núcleo de Estudos e Semântica do Acontecimento, coordenado pela Profa. Dra. Rosimar R. R. de Oliveira (FUNDECT/CNPq), o Núcleo de Estudos Foucualthinano (NEF), coordenado pela Profa. Dra. Nara Maria de S. de F. Q. Sgarbi (NEAD/UEMS/UNIGRAN). Paralelamente o Núcleo de Pesquisa Sociolinguísticos, Discursivos e Dialetológicos (NUPESD), coordenador pelo Prof. Dr. Antonio Carlos S. de Souza também constitui como parceiro de reflexões desde 2007.

O aglomerado de grupos de pesquisa além de atender uma necessidade de melhor organizar ações e pesquisas, também possui como fio norteador, desde 2007, pensar políticas públicas tendo como referência um conjunto de pesquisas desenvolvidas. Estas considerações, apesar de longas, representam o esforço sempre coletivo de um grupo que acreditou a acredita na missão da universidade ´pública.

A reunião (30/08, das 15hs às 17h), assim, realizado no Gabinete do Sub-Comandante da Polícia Militar Tenente-Coronel Francisco de Assis Ovelar (Parques dos Poderes) e os representantes dos grupos de pesquisa NEAD, NEBA, NES e NUPESD para discutir a elaboração de uma especialização lato senso em “Linguística e Investigação sobre a Linguagem” representa mais uma ação em desenvolvimento, pois, não se trata da primeira parceria com a Polícia Militar. Esta parceria é um desdobramento do projeto PROERD (desde 2014) que tem por objetivo elaborar um diagnóstico dos efeitos das ações no Estado. Está quase no final o projeto piloto.

Já a especialização em “Linguística, Investigação sobre a Linguagem”, uma segunda parceria com a PM, visa contribuir de alguma maneira com formação de policiais militares em relação às práticas de linguagem abordadas a partir da Ciência da Língua, a Linguística. Condição que possibilita um “olhar” de especialista sobre as práticas discursivas e não-discursivas. Conhecimento este que pode desdobrar-se no cotidiano e possibilitar a ampliação das práticas policiais em suas ações ou mesmo reflexões sobre elas.

Durante a reunião, os grupos de pesquisas se coloram a disposições da PM para desenvolverem além da proposta de especialização outras ações que o grupo puder atuar. Ficou, assim, acertado uma agenda de trabalho e uma comissão de elaboração de projeto pedagógico que iniciará os trabalhos na semana que vem.

 

Read 2610 times